sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Músicas e as recaídas



Você está lá. Sentado no sofá ou deitado em sua cama ouvindo música, como faz todos os dias.
As mesmas músicas, o mesmo lugar, o mesmo teto. Mas de repente você ouviu mais além. Você não acompanha mais a música, você a sente, e a letra diz coisas que parecem não fazer mais sentido, mas aquilo que estava adormecido, escondido, reaparece em uma música, apenas uma música, e junto dela surgem lembranças, algumas boa outras nem tanto. Mas naquele momento nada mais importa, você está em choque, uma depressão de mais ou menos 4 minutos se a música for boa. Sua boca nem ousa cantá-la, pois ela sabe que aquele momento deve apenas ser sentido e nada mais.

As lembranças continuam, trazem sentimentos, decepções, frustrações, alegrias, felicidades, excitações. Mas foram apenas momentos, passaram. E como a música que está tocando, as lembranças também vão passar.

A música está chegando ao fim, junto dela a depressão momentânea e aquele turbilhão de sentimentos.
Você pára e pensa. E sente que gostou daquilo, daquele momento, porém, não quer mais. Aproveitou, curtiu, sentiu, mas acabou, foi bom.

E depois daquela música vem outra, e depois outra e aquela sensação desapareceu e você ficou feliz.
Feliz por ter aproveitado aquele momento, aquela luz, aquele som, aquela sensação.

Nessa hora você sente que, graças a essa música e a tudo que passou para chegar onde está agora, você se tornou alguém melhor.

E isso te dá forças para continuar.

23 comentários:

junior soares disse...

Músicas músicas, as vezes tenho a impressão que vivo num filme e cada cena tem sua música-tema.

As vezes procuro escutar música quando to com algum sentimento muito intenso, porque depois, ouvindo-a denovo, sinto todo volta à tona. Como uma caixinha de jóias, abro e a tenho ali comigo.

Devaneios à parte, muito boa reflexão. Abraços!

Linha de Fundo disse...

musicassss
quem nao gosta de ficar no pc fazendo sempre alguma coisa, mas com a musica no fundo?
musica é bom para tudo
para pensar, sonhar, ficar feliz, ficar triste
enfim
musicas
=D

vlw abraçosss

mateusbonez disse...

Realmente, concordo com 'linha de fundo' Música é tudo e pra tudo *-*

Bom final de semana e ótimo blog ;D
http://tiomah.blogspot.com

Natália. ;D disse...

A música que fala por mim, que fala por tds, isso acontece mesmo.
Essa espécie de delírio, ás vezes uma música de torna um vício... ou não.

Isso é muito bom, porque realmente a música não é apenas para ouvir, cantar apenas, também para sentir.

meps. disse...

na verdade, ás vezes eu escuto mil vezes a mesma música. acho que tentando voltar, ou só pra não esquecer algum momento, sei lá.
tá, viajei.

muito bom o texto, o blog em geral.
beijos

Roberta disse...

A sensação é uma coisa única, a cada momento que a pessoas escuta uma música ela vai te envolvendo lentamente até que tu se depara em um transe,mas aquele sentimento passa, a música passa mas você fica. É algo impressionante o poder que elas( pelo menos algumas) possuem de nos fazer refletir por instantes sobre determinada situação.
Gostei muito do teu texto, uma situação que creio eu a maioria das pessoas já tenham vivenciado.

Parabéns ;*

lica Souza disse...

musica é tudo , não vivo sem escuto mil vezes a mesma musica, adoro..., minha vida tem trilha sonora

ED CAVALCANTE disse...

Nossa, quanta melancolia. Isso é perigoso,cuidado pra não acostumar. A música deveria elevar o seu astral!

Conquistadores (Didixy) disse...

Músicas são sempre boas e em alguns momentos realmente ajuda vc. Mas não muda completamente. Enfim, belo texto.

Josi Puchalski Sousa disse...

Maravilhoso teu blog!!!
Amei! Percepção perfeita.
Voltarei sempre aqui!!!!

Aparece lá: http://minhasmisturas.blogspot.com/

Josi Puchalski Sousa disse...

Ahh...posso linkar vc?

Beijo

Maah disse...

adoreeei *-*
axo q num tem nada que lembre mais alguem/alguma coisa/lugar/etc do que a musica que estava tocando no momento =) ou pela letra tbm.. =s

Junior disse...

uau, nunca tive uma experienca assim com a musica...

Ane Batista disse...

Bom blog... o que seria da vida sem a música?!

.:Fadinias:. disse...

Caraaa adoreiii!!!
Parabéns pelo blog!!Consegue falar d relacionamentos,sentimentos sem ser bregaa :D
Vou visitar sempree! xD

D. Diogo Klock disse...

música é sempre uma boa compania para refletir...

http://mentealem.blogspot.com/

vlw
muito bom o texto

Felícia Alcântara disse...

Muitas vezes as músicas tem o poder de expressar tudo que a gente está sentindo e não sabe muito bem expressar, elas simplesmente falam por nós. Ótimo texto, adorei o blog, e a temática dele. Vou adorar receber sua visita no meu, "Versos sem Rima".

Mas voltarei mais vezes! ;)

GUILHERME PIÃO disse...

Faço sempre assim.
Para mim a música é a melhor terapia.
Entro no quarto, fecho tudo....e só fico escutando...é muito bom.
Abraços

Viviane Freitas disse...

cara, só tenho uma coisa pra te dizer; Per-fei-toOooOoOo!

Tu conseguiste escrever o que eu sinto - e acredito que muita gente também - de um jeito tão bonito que dá vontade de reler e reler, muito bonito mesmo...

Eu vou voltar sempre...mesmo que não tenhas convidado...kkk

Um abraço!
Não pare de escrever mais!!!

Jazz disse...

blog lindo! PARABÉNS.

Jonatas Fróes disse...

Cara, minha vida tem trilha sonora, literalmente falando. Trabalho com música e consigo encontrar uma diferente pra cada tipo de situação. Dá até medo!

[]'s

Musikaholic

Amanda disse...

Krak... Musiks e as recaídas...
Nossa tudo a ver...
Isso acontece com muita gente... Eu inclusive, escuto milhões de vezes a mesma musik, quando estou sentindo algo...
Sou viciada em musik mesmo... e tipo quando li o seu blog adorei... me identifiquei para cacete rsrsrs....
Parabéns seu blog é 1000

Amanda
www.insanarealidade.blogger.com.br

adi :) disse...

já linkei você ^^
beijos